sábado, dezembro 06, 2008

eu queria lembrar como eu era. o que me movia, o que me motivava.
queria depoimentos sobre o que eu fui, sobre o que eu signifiquei, sobre o que sou.
porque eu tenho memória curta para o que passou. eu lembro de flashes, lembro de coisas como se não tivessem acontecido comigo. como se cada coisa que passou fosse de um eu meu que morreu. será que eu mudo tanto? qual é a minha essência? o que não vai mudar nunca? o que eu vou gostar e querer fazer para sempre?

há cinco anos atrás eu me perguntei isso e por achar que alguém seria para sempre, me fiz acreditar que gostaria de fazer tal coisa para sempre. eu não culpo esta pessoa, eu não culpo nem a mim. porque eu ainda não sei e nada me garante que eu teria tomado a decisão certa em outras circunstâncias.

"ninguém é obrigado a fazer o que não gosta". "sempre é tempo de recomeçar". mas voltar atrás cinco anos??? admitir para mim e para o mundo que eu estava errada? se é que eu estava... decepcionar todos que apostaram em mim e decepcionar a mim mesma? já decidi que isso não vale a pena. tenho que terminar o que comecei, para concluir esta etapa e depois recomeçar. senão tudo terá sido em vão, TUDO.

posso até ter feito a escolha certa, mas alguma coisa eu perdi pelo caminho... concentração, motivação, empenho, compromisso... onde? foi na estrada? na distância entre a casa da mãe e morar sozinha? como eu recupero tudo isto sem precisar voltar atrás? sem precisar perder 5 anos e voltar?