quarta-feira, julho 29, 2009

O amor é chama

Hoje eu li mais uma vez, em um perfil do orkut, o Soneto da Fidelidade, do Vinícius de Moraes.

De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso, e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive,
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama,
Mas que seja infinito enquanto dure.


E então, eu pensei:

Vinícius, o amor é chama.
Um chama e o outro atende. Se não atende, a lenha acaba, o fogo apaga, ninguém se entende.
Acampa e acende uma fogueira enorme que aquece e ilumina.
Na televisão de primata o canal é único. Alguém enjoa e vem com um balde de água fria.
Dois gravetos de esfregam até fazer fogo. Não assopra, por favor. Eu estou com frio.

terça-feira, julho 28, 2009

Viña del Mar, Chile



Estive viajando pela Argentina e pelo Chile de ônibus e por vários outros lugares enquanto estava dentro do ônibus. Todo mundo rindo, vendo filme, jogando cartas. E eu ali, parada, viajando nos meus pensamentos, nas minhas memórias e nas minhas histórias imaginárias.
Momento introspecção. Deixo uma foto apenas.

sexta-feira, julho 10, 2009

estou esperando a chuva de sapos.
já viram Magnólia?

Dr. Dog - The Girl



Adoro essa música! E esse vídeo tá muito engraçado. Vale a pena! ;) Vale a pena também baixar os álbuns desta banda. Tá na lista dos shows que eu tenho que ir.
A letra:

Dr. Dog - The Girl

He's sleeping in his shoes
And dreaming of the worst
Living dirty lies
Believing in reverse
He'd break into the church
To burglarize the father
Gettin older by the second
If seconds even bother

Oh but the girl

She comes around
he was lost where she found him
The girl

Though she might get to him
He might never get to
The girl

He hide behind the look
That's written in the eye
He's lower than the rain
Cause it's falling from the sky
Like a man without a mother
A choice without a chance
He's digging up the dead
Expecting them to dance

Oh but the girl

She comes around
he was lost where she found him
The girl

Though she might get to him
He might never get to
The girl

He's not out of his head but he's much better off than before
He's not out of his head but he's much better off than before
He's not ready for bed but he's sleeping it off on the floor

terça-feira, julho 07, 2009

vou me abrir para ti

vou me abrir para ti.
espera aí... fui buscar a faca.

começarei com um corte na garganta e tu vais ouvir tudo que eu quero falar. aproveita e desata o nó pra mim?
depois faço um corte na cabeça e tu me ajudas a organizar os pensamentos. uma faxina cairia bem e muita coisa iria pro lixo. o que sobrar colocamos em ordem cronológica.
por fim, um corte no peito. deixo um pouco de sangue jorrar e alguns sentimentos escorrem para fazer mais espaço. está um pouco apertado aqui.

está bem... esquece tudo isso. eu sei que tu só queres que eu abra as minhas pernas.

sexta-feira, julho 03, 2009

homanegem ao malandro

"(...) ps.: Eu to meio estranho ctg.. enquanto tu não escreves no blog eu fico assustado
pq eu nao sei o que tu ta pensando"

hehehehheh ;))