domingo, agosto 09, 2009

Premonição

Levantei da cama procurando o banheiro atrás do espelho. Tirei ele do lugar e dei com a cara na parede. Acordei na praia com minha mãe e meus primos alguns anos mais novos. Um dia cinza e eu carregava numa mão um primo e na outra uma toalha de rosto amarela suja. O resto eu não lembro. Só lembro de acordar e minha mãe perguntar se cheguei bêbada em casa, porque procurei o banheiro dentro do guarda-roupa. Depois ela me pediu uma toalha de rosto limpa. E eu peguei no armário a única: a amarela, que no sonho estava suja. E isso foi o máximo de premonição que me aconteceu através de sonhos.

Um comentário:

bovina disse...

escreve maaais suíiina!!!!